Giro Por GoiásNotíciasVídeos

Em ‘live’ no Facebook, Daniel lança propostas inéditas para funcionalismo público

Por 4 de outubro de 2018 Sem Comentários
Daniel e Henrique Morgantini

Em bate papo com internautas transmitido ao vivo pelo Facebook na noite desta quarta-feira (3), o candidato ao governo pela Coligação Novas Ideias, Novo Goiás (MDB, PP, PRB e PHS), Daniel Vilela (MDB), defendeu propostas que garantam mais dignidade e respeito ao funcionalismo público e provou que determinados compromissos assumidos por adversários não são possíveis de serem cumpridos.

Daniel e Henrique Morgantini

“Os servidores estaduais não podem ser tratados na ‘ponta da bota’ e nem no ‘cabo do chicote’”, disse Daniel, que ainda sinalizou com o pagamento da data-base do funcionalismo em seu governo – algo que não é respeitado pelo atual. “Vamos dar oportunidade para os servidores efetivos, através de um banco de talentos, para que estes ocupem 50% dos cargos comissionados na estrutura administrativa, principalmente os de direção e chefia e, assim, contribuam com toda sua experiência”, exemplificou.

Neste contexto, Daniel voltou a falar da crise que atingiu as contas do Estado e que tem se desdobrado em vários capítulos ao longo dos últimos dias. “Precisaremos, de forma emergencial, reorganizar as finanças otimizando despesas e cortando gastos – principalmente os supérfluos. Este governo, em oito anos, gastou quase R$ 1 bilhão em propaganda por pura vaidade, para enaltecer seus governantes”.

“Caiado disse que vai construir 17 policlínicas. Mesma promessa que Marconi fez na eleição passada. Quanto tempo ele demorará para construir estas 17, se é que vai construir? Será que o cidadão que precisa de uma cirurgia hoje e está na fila de espera, ele tem que aguardar esta policlínica ficar pronta?”, questionou Daniel em resposta a uma internauta para, em seguida, defender suas propostas para a saúde, como parcerias com clínicas populares e instituições filantrópicas para ampliar a rede de atendimento em Goiás.

Números

O bate papo rendeu quase mil comentários em tempo real e cerca de 250 compartilhamentos durante o “ao vivo”. Foi marcado, em vários momentos, pela descontração e informalidade. Mas também por muita seriedade quando Daniel apresentou suas propostas e falou das péssimas condições em que Goiás tem sido administrado. “Você vê um governo totalmente distante das pessoas. A impressão é de que o governador vive em um mundo de ilusão, de fantasia”, enfatizou. “Nós vamos concluir todas as obras inacabadas que eles deixaram e eu tenho o compromisso de não começar nenhuma outra sem finalizar as que estão paralisadas”.

Daniel respondeu perguntas enviadas por internautas de Anápolis, Aparecida de Goiânia, Buriti Alegre, Damolândia, Nova Crixás, Orizona, Rio Verde, Santo Antônio do Descoberto e de mais outras dez cidades. “Sei como resolver o problema de abastecimento de água em Anápolis e em Aparecida. O que os moradores destas cidades sofrem atualmente é fruto de falta de planejamento e de uso político da Saneago”, explicou em resposta a moradores internautas destas cidades.

A transmissão ao vivo no Facebook foi agendada propositalmente para a noite de quarta-feira em razão do fim dos programas eleitorais na TV e no rádio dos candidatos ao governo do Estado – um bom pretexto para que Daniel fizesse um apanhado de sua campanha durante a “live”. “O que procuramos ao longo desta campanha foi mostrar aos goianos que somos capazes de liderar projetos inovadores. Que nossa gestão irá focar em eficiência e em serviços públicos de qualidade, bem diferente desta ‘velha política’ representada por José Eliton, Marconi e Caiado. Nós, sim, somos a renovação e temos a capacidade de cuidar deste estado com novas ideias e novas práticas políticas”.

ASSISTA: